Agroalimentar

Produtores nacionais de derivados de carne exportam 135 M€ em 2015

As exportações nacionais de derivados de carne atingiram os 135 milhões de euros em 2015, um crescimento de 2,3% face ao período homólogo. De acordo com o mais recente estudo setorial da Informa D&B, em 2015, as importações de derivados de carne chegaram aos 155 milhões de euros, o que resultou numa balança comercial negativa para o setor.

Em 2015, o setor exportou cerca de 14% da sua produção total e as importações representaram 16% das vendas no mercado interno. Para além disso, de acordo com os dados da Informa D&B, o valor da produção no setor de derivados de carne situou-se, no ano 2015, nos 970 milhões de euros, mantendo a tendência de crescimento moderado alcançada no biénio 2013-2014.

Em 2014, operavam em Portugal um total de 443 empresas fabricantes de derivados de carne, com um total de 6390 postos de trabalho, um número inferior aos 7200 postos de trabalho existentes no setor no ano de 2009.

Segundo a Informa D&B, em Portugal, no setor dos derivados de carne predominam os operadores de pequena dimensão, com 74% do total das empresas a apresentarem um quadro de pessoal inferior a 10 empregados e com apenas 20 empresas a revelarem que empregam mais de 50 trabalhadores.

Os dados indicam ainda que a atividade produtiva está concentrada nas zonas Norte e Centro de Portugal, que reúnem 38% e 28% do total de empresas, respetivamente.