Quantcast
Sustentabilidade

Valorfito aumenta taxa de recolha para 44% em 2020

O Valorfito obteve uma taxa de recolha de quase 44% das Embalagens Vazias Produtos Fitofarmacêuticos, Sementes e Biocidas no ano de 2020.

O Valorfito, designação pelo qual é conhecido o Sistema Integrado de Gestão de Embalagens e Resíduos em Agricultura, obteve uma taxa de recolha de quase 44% das Embalagens Vazias Produtos Fitofarmacêuticos, Sementes e Biocidas no ano de 2020 – mais 5 pontos percentuais que em 2019. Esta taxa representa a nível de quantidade recolhida mais 28% face à de 2019, com um total de cerca de 500 toneladas de embalagens recolhidas.

Em comunicado, o Valorfito revela que o setor das sementes dá em 2020 “sinais notáveis de estabilização nas quantidades declaradas, com uma taxa de retoma a duplicar a de 2019”. Já o fluxo dos biocidas “melhorou, com um crescimento modesto na taxa de retoma”. Finalmente, os produtos fitofarmacêuticos cresceram, com mais 17,2% de embalagens declaradas ao sistema.

 

banner APP

“Alcançámos resultados notáveis, que dão força ao objetivo ambicioso de chegar ao final de 2021 com uma taxa de retoma média na ordem dos 60%”, afirma o diretor-geral da Valorfito, António Lopes Dias.

 

No entanto, o responsável afirma que ainda existe um desafio persistente no segmento dos Biocidas uma vez que “uma grande parte destes resíduos acabam por ir parar a outros operadores de gestão, e escapar à nossa contagem”.

Recorde-se que este crescimento na recolha já tinha sido antecipado nos resultados preliminares apresentados em janeiro, pela Valorfito.