Agricultura

Programa Jovem Agricultor já está a decorrer

Programa Jovem Agricultor já está a decorrer

O programa Jovem Agricultor, criado pelo Governo Açoriano,  propõe-se a ajudar a rejuvenescer a agricultura e tem como objetivo estimular financeiramente, e também tecnicamente, a entrada de mais jovens no setor, nomeadamente produtores entre 18 e 40 anos. O programa pretende tornar o setor agrícola mais atrativo.

A iniciativa já foi publicada em Jornal Oficial e, segundo o secretário regional da Agricultura e Florestas, João Ponte, citado pela publicação Açoriano Oriental, este é “um programa necessário, ambicioso e orientado para o futuro, que visa tornar o setor agrícola ainda mais atrativo para a entrada de jovens”.

Podem ser beneficiários os jovens, com idades compreendidas entre os 18 e os 40 anos, que assumam pela primeira vez a titularidade e a gestão de uma exploração agrícola ou que já sejam agricultores.

O programa pretende apostar na formação e a qualificação dos jovens que entram ou mesmo aqueles que já trabalham no setor, promovendo o desenvolvimento das competências necessárias, como uma boa gestão de uma exploração agrícola.

Segundo avançado pela publicação acima citada, para minimizar os constrangimentos do acesso ao financiamento bancário no início de atividade, será criada uma linha de apoio ao crédito, CREDIJOVAGRI, para consolidação da instalação do jovem agricultor.

A respetiva linha de crédito poderá também ser utilizada por quem já esteja a trabalhar no setor há cinco anos, admitindo a comparticipação máxima de 50% dos juros e custos associados ao contrato de crédito, em função do volume de negócios da exploração, confirmado em sede de IRS.

Será ainda atribuído um complemento regional ao Prémio à instalação de Jovens Agricultores, no montante máximo de três mil euros, conforme o volume de negócios da exploração e durante um período de cinco anos após a instalação, mediante a apresentação e aprovação de uma candidatura à Instalação de Jovens Agricultores no âmbito do PRORURAL+.