Agricultura

Cinco concelhos portugueses unem-se para criar nova marca de biológicos

Cinco concelhos portugueses unem-se para criar nova marca de biológicos

Os concelhos de Mação, Proença-a-Nova, Oleiros, Sertã e Vila de Rei juntaram-se para criar uma nova marca de produtos biológicos que unirá os esforços de cerca de 200 agricultores.

De acordo com a TSF, a marca ‘Bioberço da Lusitânia’ pretende ajudar os agricultores destes concelhos a reconverterem as suas explorações para produzirem em modo biológico. Depois de vendidos pelos produtores à Bioberço a preço de mercado, os produtos biológicos serão embalados e rotulados sob a mesma marca.

Por detrás da ideia está a associação Pinhal Maior, que tem vindo a dar formação a estes agricultores e a prestar apoio na reconversão para a agricultura biológica. O projeto é cofinanciado pela União Europeia, ao abrigo do Fundo Europeu Agrícola para o Desenvolvimento Rural, e está também aberto a empreendedores interessados em apostar na agricultura biológica.

Em breve, a marca Bioberço da Lusitânia passará a contar com um centro de recolha, que será instalado na zona Industrial de Mação. As negociações com os retalhistas já começaram e a chegada dos produtos aos pontos de venda de todo o país deverá acontecer até ao final do ano, revela ainda a TSF.