Quantcast
Embargo Russo

Embargo russo à UE estendido até ao final de 2017

Comissário Europeu para a Agricultura defende ‘união’ dos Estados-Membros para “eliminar distorções competitivas”

O embargo russo aos produtos da União Europeia será estendido até ao final de 2017. A decisão foi publicada pelo Governo russo através de um decreto que define que a lista de alimentos proibidos se irá manter: frutas, vegetais, carnes vermelhas, carne de aves, peixe, leite e lácteos.

De acordo com o ministro da Agricultura russo, Alexander Tkachev, “o Ministério da Agricultura Russo já começou a preparar um projeto de decreto propondo extensão das medidas de resposta até o final de 2017. A lista de produtos agrícolas não deverá expandir, estamos a falar apenas de estender a duração”.

De acordo com dados recentemente publicados pela União Europeia, com o embargo russo aos produtos agroalimentares da UE, a agricultura europeia já perdeu 2,2 mil milhões de euros entre abril de 2015 e março de 2016.