Sustentabilidade

Sector agroflorestal cria Centro Nacional de Competências para as Alterações Climáticas

Sector agroflorestal cria Centro Nacional de Competências para as Alterações Climáticas

A ANPROMIS, a ANPOC, a ADVID, a FENAREG, a FNOP e a UNAC acabam de anunciar a criação do Centro Nacional de Competências para as Alterações Climáticas do Sector Agroflorestal (CNCACSA).

“As alterações climáticas constituem, reconhecidamente, um dos maiores desafios para o sector agroflorestal nacional, sendo essencial definir-se uma estratégia que permita enfrentar esta problemática de uma forma fundamentada e concertada. Por outro lado, os centros de competência, como estruturas que agregam os produtores, a indústria, o sistema científico e tecnológico e as autarquias, têm-se revelado determinantes para alcançar a necessária competitividade e sustentabilidade da agricultura portuguesa”, dizem as organizações numa nota enviada às redações esta segunda-feira (9 de setembro).

Esta nova estrutura, que inclui ainda 46 outras entidades, vai ser apresentada esta quarta-feira (11 de setembro), na Estação Nacional de Melhoramento de Plantas (INIAV), em Elvas.