Quantcast
Vinha e Vinho

Produção vitivinícola francesa pode cair até 30% este ano

O ministério da Agricultura revelou que a produção francesa de vinho pode cair até 30% este ano, para o seu nível mais baixo em décadas.

O ministério da Agricultura de França revelou que a produção de vinho no país pode cair até 30% este ano, para o seu nível mais baixo em décadas, avança a agência de notícias Reuters.

As geadas na primavera e as chuvas no verão, que resultaram, por sua vez, no surgimento de doenças como o míldio, são algumas das causas. Às questões meteorológicas junta-se ainda o impacto da pandemia da covid-19 e as tarifas dos Estados Unidos da América.

O ministério francês estimou que a produção este ano possa variar entre 32,6 milhões e 35,6 milhões de hectolitros, menos 24 a 30% do que no ano passado. “A produção de vinho em 2021 deverá ser historicamente fraca, abaixo dos níveis de 1991 e 2017 que também foram afetados por geadas severas na primavera”, refere ainda o ministério, num relatório.

banner APP

A nível geral, poderá ser a mais baixa produção desde pelo menos 1970, com quase toda a produção atingida por geadas.

“Os produtores de vinho enfrentam grandes dificuldades este ano”, disse o chefe do comité vitivinícola da agência agrícola FranceAgriMer, Jerome Despey. “A produção perdida nunca será compensada pelos preços de mercado”, acrescentou.