Agroindústria

Açores pedem isenções para queijos e lácteos exportados para os EUA

Açores pedem isenções para queijos e lácteos exportados para os EUA

O secretário Regional da Agricultura e Florestas do Governo dos Açores revelou esta segunda-feira (7 de outubro) que o Executivo da região está desde maio deste ano a desenvolver diligências junto do Governo da República para que sejam criadas medidas que permitam a negociação de isenções para os queijos e produtos lácteos açorianos exportados para os Estados Unidos da América (EUA).

João Ponte, secretário Regional da Agricultura e Florestas, sublinha que “face à decisão da administração norte-americana de aplicar aumentos nas taxas e tarifas aduaneiras a vários produtos europeus, importa, no quadro bilateral e da União Europeia, que sejam empreendidas medidas que permitam negociar isenções para os produtos açorianos, dado o pouco impacto que têm no mercado dos EUA”.

A aplicação de taxas e tarifas adicionais pelos EUA poderá ter um impacto negativo nas exportações açorianas, disse ainda João Ponte que revelou que, só no último ano, foram exportadas 243 toneladas de queijo para aquele país, onde residem muitos emigrantes açorianos.

“Esta é uma matéria delicada, que carece do envolvimento de várias entidades e de um trabalho que está a ser feito, mas que, muitas vezes, não é do domínio público”, defendeu.