Hortofrutícolas

Produtores de Maça de Alcobaça IGP criam consórcio internacional

Produtores de Maça de Alcobaça IGP criam consórcio internacional

As organizações de produtores de Maçã de Alcobaça IGP Campotec SA, a Frutalvor CRL e a Narcfrutas CRL uniram-se para criar um consórcio industrial para processamento deste frutícola. Em comunicado as organizações dizem que contam como o apoio de um especialista e de uma entidade também da produção com competências na área do I&D para “produzir alimentos saudáveis a partir de maçã e outros produtos agrícolas produzidos pelos seus membros”.

As organizações sublinham ainda que o objetivo deste consórcio industrial passa por “utilizar e aproveitar a fruta feia, mas de igual qualidade interna, que o mercado em fresco descarta cada vez mais.”

A empresa terá “uma capacidade inicial para processamento de 10.000.000 kg de fruta e está preparada para duplicar essa capacidade de processamento se necessário”, refere a Associação dos Produtores de Maçã de Alcobaça (APMA) numa nota enviada às redações.

Para a APMA, “é motivo de satisfação poder contar com mais uma unidade de processamento, desenvolvimento e produção de alimentos saudáveis e mais funcionais a partir das extraordinárias qualidades nutricionais e funcionais do fruto Maça de Alcobaça IGP. É também com satisfação que a APMA anuncia que o projeto vai qualificar todos os produtos processados dos seus membros, com particular destaque para a utilização de Maça de Alcobaça IGP e da sua imagem institucional e promocional, logo mais um contributo notável para o prestígio e diferenciação da IGP e da nossa conceituada marca regional.”