Tecnologia e Máquinas Agrícolas

Setor agroalimentar é dos mais ameaçados pela automação

Setor agroalimentar é dos mais ameaçados pela automação

A produção agroalimentar é o setor em que os trabalhadores serão mais ameaçados pela automação, revela o Workmonitor da Randstad. Sete em cada dez (66,7%) dos profissionais deste setor acreditam que o seu posto de trabalho corre perigo com a introdução de tecnologias de automação na indústria agroalimentar.

Logo a seguir ao setor da produção agroalimentar, os setores mais ameaçados pela automação são a agricultura e pescas (64,3%), a mineração (60%) e a hotelaria (50%), revela ainda o estudo que inquiriu mais de 13 500 pessoas em 33 países.

Entre os setores cujos profissionais menos se sentem ameaçados com o advento das tecnologias de automação surge, por exemplo, o setor da distribuição e do retalho, com apenas dois em cada dez trabalhadores (21,2%) a revelar que sente que o seu posto de trabalho pode estar em causa com a automação.

A nível europeu, são os trabalhadores italianos (37%), polacos (36%) e gregos (33%) que se mostram mais preocupados com o impacto da automação no emprego no setor. A nível global, os mais preocupados com a automação são os chineses (62%), com três em cada cinco trabalhadores a afirmarem que acreditam que podem perder o emprego com a automação.