Quantcast
Investigação

1,1 M€ para investigação na melhoria genética do porco alentejano

produtores de porco alentejano

Capoulas Santos, ministro da Agricultura, revelou que aprovou um projeto de 1,1 milhões de euros de apoio, no âmbito do PDR 2020, para melhoramento genético do Porco Alentejano, uma candidatura do ACEPA-Agrupamento Complementar de Empresas do Porco Alentejano.

A notícia foi avançada à margem de um evento de comemoração do ‘Dia do Porco Alentejano’ e de celebração dos 25 anos da ANCPA- Associação Nacional dos Criadores de Porco Alentejano.

Durante a conferência, Pedro Bento, secretário-geral da ANCPA, sublinhou que “a aposta no conhecimento, através de investigação aplicada sobre maneio de reprodutoras, melhoria genética da raça e otimização da alimentação são desafios fundamentais, a par com a assistência técnica focada na eficiência e na sustentabilidade das explorações e na orientação para o mercado”.

banner APP

Já Luís Bulhão Martins, Presidente da ANCPA, aproveitou para lembrar a importância da “cooperação bilateral excecional entre criadores e indústria (portuguesa e espanhola), ao longo destes 25 anos, fundamental para a valorização do Porco Alentejano”.

Raquel Lucas, investigadora da Universidade de Évora, referiu, por sua vez, que os produtores devem implementar uma estratégia de promoção do Porco Alentejano a longo prazo assente numa marca que posicione a carne e os produtos derivados do Porco Alentejano num “patamar de excelência, como produto exclusivo, uma jóia da gastronomia”.