Quantcast
Agroindústria

Taegro é o novo biofungicida para vinha e hortícolas da Syngenta

A Syngenta apresentou um novo biofungicida, o Taegro. Este novo produto pretende proteger a vinha e as culturas hortícolas contra doenças.

A Syngenta apresentou um novo biofungicida, o Taegro. Este novo produto tem como objetivo proteger a vinha e as culturas hortícolas contra doenças, entre as quais o oídio e a podridão cinzenta. Em comunicado, a empresa revela que o produto, à base de Bacillus amyloliquefaciens, está autorizado em Proteção Integrada e Modo de Produção Biológico.

O novo biofungicida controla o oídio, a podridão cinzenta, o míldio, a esclerotínia e a alternariose, e está autorizado nas culturas do tomate, pimento, morango, alface, beringela, courgette, pepino (tanto em ar livre como em estufa) e na vinha (uva para vinho e uva de mesa).

A fórmula do Taegro é à base de Bacillus amyloliquefaciens (estirpe FZB24), uma rizobactéria naturalmente presente no ambiente. De acordo com a Syngenta, o biofungicinda protege as plantas de várias maneiras. “Tratando-se de um organismo vivo, ao colonizar os tecidos vegetais multiplica-se, formando uma barreira física protetora na superfície da planta que impede a instalação dos agentes patogénicos, competindo com eles por espaço e nutrientes. Além disso, este bacillus liberta metabolitos ativos com propriedades biocidas, inibindo o desenvolvimento e a propagação dos fungos e das bactérias. Por outro lado, atua estimulando a resistência natural das plantas, que ao entrarem em contacto com o bacillus o percebem como uma ameaça, ativando as suas defesas naturais”, explica a empresa.

banner APP

Maria do Carmo Pereira, responsável pelo porfolio de biosoluções da Syngenta para Europa, África e Médio Oriente, explica que “o Taegro é uma solução ideal para complementar programas onde é necessário diminuir aplicações químicas, uma vez que mantém a cultura sã até à colheita e sem problemas  de resíduos”.

A responsável revelou ainda que o Taegro está em processo de registo para outras culturas e finalidades, nomeadamente, árvores de fruto, olival, amendoal, e numa fase posterior será submetido a registo para controlo de fungos de solo.

O Taegro possui um intervalo de segurança de um dia e pode ser aplicado ao longo de todo o ciclo da cultura até à colheita. O produto funciona melhor entre os 15ºC e os 30ºC.