Quantcast
Agricultura

Conheça os vencedores deste ano dos Prémios Vida Rural!

Os Prémios Vida Rural 2021 já foram atribuídos. Os vencedores foram revelados durante a 8º edição do AgroIN, evento da revista VIDA RURAL.

Os Prémios Vida Rural 2021 já foram atribuídos. Os vencedores foram revelados durante a 8º edição do AgroIN, evento da revista VIDA RURAL que se realizou no dia 30 de junho, em formato híbrido.

Este ano, a grande novidade foi o prémio especial Guardião da Biodiversidade Doméstica, atribuído em parceria com a SPREGA (Sociedade Portuguesa de Recursos Genéticos Animais) em que os leitores da revista puderam votar no seu nomeado favorito.

O vencedor da votação online foi a Quinta do Zorro, uma micro-exploração agropecuária, perto de Coimbra, que se dedica à produção artesanal das quatro raças autóctones de galinhas (com cerca de 100 galinhas reprodutoras em linha pura), 14 caprinos da raça Serpentina, 12 ovinos da raça Churra Galega Bragançana Branca e duas porcas reprodutoras da raça Malhado de Alcobaça.

Nas restantes categorias, o “Agricultor que marca” foi José Maria Falcão, produtor de várias culturas culturas, com destaque para o olival e e amendoal em Monforte, com um notável trabalho na área da conservação do solo e da agricultura de precisão.  É também um dos responsáveis pela APOSOLO, a Associação Portuguesa de Mobilização de Conservação do Solo.

Já o “Prémio Empresa Agrícola que marca” deste ano foi entregue à Entogreen, empresa de produção de proteína para alimentação animal proveniente de insetos. Recorde-se que a empresa anunciou recentemente um investimento de mais de 10 milhões de euros numa bioindústria em Santarém.

Falando em investimentos, o InnovPlantProtect é o vencedor do “Prémio Investimento que marca”. O laboratório colaborativo , liderado pela Universidade NOVA de Lisboa e que junta entidades como a Syngenta e a Bayer, tem como missão desenvolver soluções inovadoras para proteger as culturas de pragas e doenças.

O “Prémio Organização de Produtores que marca” deste ano ­foi para a Porbatata. A Associação da Batata de Portugal tem apostado neste último ano numa campanha nacional e internacional de valorização e promoção da batata portuguesa, a Miss Tata, tendo até criado um selo para identificação.

Já o “Sustainwine” é “I&D que marca” de 2021. O projeto de comunicação, promovido pela Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense (ADVID), tem como objetivo promover o conhecimento sobre a conservação da natureza e biodiversidade da vinha. No início deste ano, o projeto apostou no lançamento de vídeos didáticos.

Por último, o “Prémio Personalidade Armando Sevinate Pinto” foi atribuído ao Prof. Nuno Magalhães. Durante os seus mais de 30 anos de carreira no setor, desempenhou um importante papel em investigações relacionadas com a seleção genética da videira, tendo o seu trabalho ajudado na promoção da casta Touriga Nacional.  Foi também responsável pelo livro “Tratado de Viticultura: a videira, a vinha e o terroir”, premiado pela Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV).